A importância dos Feedbacks

A importância dos Feedbacks

Com o avanço da ciência e da alta performance humana, com mapeamento cerebral através da ressonância magnética funcional, psicologia positiva e o coaching,


sabe-se que quando se trata de desempenho humano: primeiro se elogia para depois ter um ótimo desempenho.

Enquanto um líder tradicional espera seu funcionário fazer algo bem feito para depois elogiar com feedback positivo, o líder empresarial de altíssima performance primeiro elogia e como consequência seu subordinado tem uma performance bem melhor.

Essa nova métrica faz parte de um trabalho científico intitulado Linha de Losada, que leva o nome do seu criador, o psicólogo e consultor de negócios Marcial Losada. Este cientista chileno realizou experimentos matemáticos, nos quais pessoas de altíssimo desempenho nas relações humanas elogiam ou se conectam com outras seguindo uma proporção entre interações positivas e interações negativas. Contudo, segundo Losada, não basta elogiar ou se conectar positivamente com outras pessoas para obter o melhor da relação, é necessário seguir um modelo matemático. 

A proporção mínima necessária são três interações positivas com aquela pessoa para uma interação negativa. Essas interações positivas podem ser qualquer tipo de comunicação verbal ou não verbal, indo desde um elogio formal, um “tapinha” nas costas, um sorriso, até gestos positivos ou cartas. O importante é que essa comunicação positiva seja reconhecida por alguém que recebeu como de fato positiva. Já a interação negativa vai desde uma reprimenda verbal, um feedback mais duro, um gesto critico, um olhar decepcionado até a indiferença. 

Em qualquer empresa é fundamental a prática de feedback para maior produtividade e assertividade dos colaboradores. É necessário reconhecer o bom desempenho para que ele continue, e corrigir o mau desempenho antes que ele comprometa os resultados, não esquecendo que primeiro exaltamos o que o colaborador tem de melhor antes de corrigi-lo. 

Adotei a prática do feedback como procedimento indispensável e posso afirmar que a comunicação, o clima e os resultados mudaram consideravelmente.

Quando algo que esperávamos acontecer não acontece, isso é apenas um feedback. Você tem se questionado sobre outras maneiras de agir em meio a falta de resultados? Seus colaboradores estão motivados? Eles sabem se estão indo bem ou se precisam melhorar?

Reflita sobre a prática da linha de Losada em seus feedbacks. Será muito difícil dar errado! Conte-me como foi...

 

 

 

 

Date

11 Outubro 2019

Tags

Colunistas, Greice Viviani

Revista Perfil: Destaque para

sua empresa


Baixe o nosso aplicativo

 

Entrar em contato

| Revista Perfil - Editorial - Matriz

| Rua Júlio de Castilhos, 410 - Sala 504 - Tapejara/RS

| 54 3344 2830

| 54 9 9157 3330


| Revista Perfil - Filial

| Rua Júlio Joaquim Fernandes, 155 - Sala 602 - Itajaí/SC